O que é a CIPA? Como funciona a CIPA qualificada?

CIPA qualificada: dicas de capacitação extra para todos os membros

Ter a CIPA qualificada no dia a dia de trabalho faz toda a diferença. Por isso decidi trazer até você dicas valiosas, assim você terá a sua disposição uma equipe capaz de eliminar os acidentes de trabalho!

A cada mudança estabelecida pela legislação brasileira, as empresas precisam se adaptar para acompanhá-las. Sobretudo, quando se trata das leis de segurança e promoção da saúde dos colaboradores.

Essa preocupação não é à toa, afinal, o Brasil é um dos países em que mais há registros de acidentes de trabalho.

Segundo a Organização Internacional do Trabalho (OIT), o nosso país está em 4º lugar em relação ao número de mortes causadas por esses acidentes.

São 1,3 milhão de casos no Brasil e 270 milhões de acidentes registrados em todo o mundo, desde 2003, quando houve a adoção em 28 de abril do Dia Mundial da Segurança e Saúde no Trabalho.

Nesse contexto, para promover a segurança no ambiente de trabalho foi criada a Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA).

Regulamentada pela NR-5, a CIPA corresponde a um grupo de funcionários que são encarregados em promover a saúde e segurança do trabalho, através de ações e atividades de conscientização para prevenir acidentes em todos os contextos da empresa.

Mas você sabe como essas ações podem ser feitas? Como engajar os funcionários para enxergar e reduzir os riscos no ambiente?

Não se preocupe! Nesse texto, trouxe as principais dicas de capacitação para toda equipe seguir e correr dos acidentes. Veja como através dos tópicos e tenha a CIPA qualificada na empresa que você atua:

  • Seriedade no processo
  • Entendimento dos benefícios
  • Orientação constante sobre a prevenção de acidentes
  • Treinamentos sérios e periódicos

Seriedade no processo

As atividades principais da CIPA envolvem inspecionar e evidenciar os riscos à saúde e segurança que podem existir no ambiente de trabalho.

Por isso, as atividades realizadas pelo grupo precisam ser encaradas de maneira séria pelos colaboradores.

É importante fomentar entre os funcionários, tanto líderes como aos demais membros, a seriedade da CIPA, através de cronogramas, relatórios, resultados alcançados e os almejados para o futuro através dela.

Entendimento dos benefícios

É fundamental que todos os membros do CIPA tenham entendimento de seus benefícios, cientes do caminho a ser seguido para alcançá-los. Entre os principais, vale ressaltar:

– Melhores condições de trabalho;

– Menor número de acidentes;

– Alinhamento e conformidade com a norma e regulamentos;

– Aumento da credibilidade da empresa no mercado e, consequentemente, valorização dos funcionários que fazem parte dela;

– Clima organizacional mais agradável;

– Aumento da produtividade;

– Fortalecimento das ações de segurança;

Inegavelmente, expandindo entre a equipe os benefícios que a CIPA proporciona e que a adequação às normas podem trazer resultados para todo grupo, fica mais fácil engajar bons resultados dentro da empresa, enxergando os riscos da negligência.

Orientação constante sobre a prevenção de acidentes

Os colaboradores que demonstram interesse em compor a CIPA precisam estar dispostos a aprender a função. Todos os membros precisam estar comprometidos em entender as ações de segurança no ambiente de trabalho bem como prepará-las.

Por isso, é importante realizar reuniões frequentes para fiscalizar, planejar e identificar a necessidade de novas ações.

Treinamentos sérios e periódicos

Além das dicas acima, os treinamentos para todos os membros são imprescindíveis. Assim, é fundamental realizar cursos de capacitação para aquisição de novos conhecimentos sobre os processos de promoção da saúde e segurança no trabalho.

O treinamento é fundamental para que os funcionários percebam os riscos no ambiente de trabalho. Para isso, existem pessoas capacitadas para o desenvolvimento do seu time.

Caso você queira capacitar ainda mais a sua equipe de trabalho recomendo o treinamento “Mudando a forma de perceber riscos“, não tenho dúvidas que a CIPA qualificada será uma grande aliada na luta diária contra os acidentes de trabalho!

Ajude o Blog do Cipinha chegar para mais pessoas, compartilhe este artigo nas suas redes sociais! Até breve.

Quer receber conteúdos de qualidade?

Inscreva-se em nosso newsletter e seja o primeiro a receber todas as novidades que surgirem por aqui em seu e-mail!



    , ,
    Post anterior
    Dinâmicas de grupo: quais as principais razões para usá-las
    Próximo post
    Riscos ergonômicos: quais as ações para preveni-los no trabalho?

    Posts relacionados

    Deixe um comentário, juntos aprendemos mais!

    Menu